Advertiser 2
segunda-feira, 5 de abril de 2010 Post By: Lilah

A Falácia da Heterofobia


video


Video @farme40graus
Sigam no twitter e fiquem por dentro do projeto do primeiro seriado GLBT do país.

Imagine as seguintes cenas:


1- Você, homem, encontra sua namorada em um restaurante e a cumprimenta com um beijo na boca. O garçom, então, vem até a sua mesa e pede que vocês se retirem pois os demais clientes estão incomodados e não gostam de ver “um homem e uma mulher se beijando”


2- Depois de encontrar um amigo do trabalho num

show e apresentar sua namorada você passa a ser destratado no trabalho pois seu chefe não aceita essas modernidades de relacionamento heterossexual.


3- Você, mulher, decide que, depois de 3 anos de namoro é hora de casar com seu namorado. Mas o Cartório diz que não existe essa coisa de homens e mulheres casarem.


4- Na rua, você rapaz, devido a sua aparência máscula e forte, vive sendo ofendido e ridicularizado. Muitos dizem que você devia parar de se vestir de maneira tão masculina.


Tudo isso parece absurdo para você? Não faz o menor sentido? São situações completamente inverossímeis? Pois bem, exatamente por que essas situações são absurdas e jamais serão vistas em nossa sociedade é uma falácia usar o termo heterofobia.

Nós vivemos em uma sociedade onde o normal, o comum, o divinizado é o hétero. Ninguém em parte alguma do Globo é preso por ser hétero. Ninguém é convidado a se retirar de um restaurante, proibido de casar, impedido de adotar ou expulso da Igreja por ser hétero. Ninguém é agredido na rua, vítima de piadinhas ou deboches por ser hétero.

Infelizmente, nesse país, a televisão é o quarto poder e aquilo que é dito por ela parece receber imediatamente o status de verdade absoluta. Mesmo que se trate de algo tão absurdo quanto imaginar que um homem, branco e heterossexual pode ser vítima de preconceito devido a sua condição.

Eu, sinceramente, havia decidido não tocar mais nesse assunto e espero que tal conceito morra de morte natural, pelo simples fato de ser algo mentiroso e sem nenhuma aplicação na vida real, mas é impossível ficar calada frente a tal mentira. Uma mentira que, usando uma tática bem conhecida, pretendem repetir até se tornar verdade.

Apresentem um homem ou mulher heterossexual que tenha sido vítima de qualquer uma das cenas que eu descrevi acima e eu reescrevo esse texto. Até lá, a única verdade, é que heterofobia é só uma palavra sem sentido, inventada para justificar o injustificável.

Eu tentei ser o mais direta e objetiva possível, para uma visão sociológica e mais profunda sugiro que leiam a grande Mary W. e aproveitei também para conhecer a Lola.

blog comments powered by Disqus
Copyright Reserved Tramas, Tranças e Bobagens 2010.
Design by: Lilah | Template Adaptado by Lilah | supported by One-4-All